Salles insulta brasileiros e culpa a população por queimadas dos ruralistas

“As pessoas do Norte tem o hábito de por fogo nas coisas, atear lixo, queimar coisas. É uma cultura que vem de muito tempo e precisa ser combatida”, disse o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, em entrevista à rádio Jovem Pan, na manhã desta quinta (22)

(Foto: Senado | Reprodução)

247 - Em entrevista à rádio Jovem Pan, nesta quinta-feira (22), o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, afirmou que as queimadas na Amazônia são causadas pelos moradores da região que, segundo ele, tem o hábito de atear fogo em lixos e objetos que desejam se livrar, o que causa incêndios inesperados.

“As pessoas do Norte tem o hábito de por fogo nas coisas, atear lixo, queimar coisas. É uma cultura que vem de muito tempo e precisa ser combatida”, disse.

Salles afirmou ainda que em Cuiabá viu "um terreno baldio com bastante lixo acumulado. Estava pegando fogo. A mesma coisa: pessoas juntaram e colocaram fogo”.

Na quarta-feira (21), Jair Bolsonaro acusou, sem provas, as Organizações Não-Governamentais e alguns governos do Estado de serem os causadores das queimadas. Na manhã desta quinta, Bolsonaro voltou a acusar as entidades ambientais.

“A Amazônia é maior do que a Europa, como vai combater um incêndio criminoso nessa área? É criminoso. Justifique o que você está falando? Como? Só pegando o clara em flagrante, aí você vai ver quem está tocando fogo. As ONGs perderam o dinheiro, perderam repasses [do Fundo Amazônia], estão desempregados. Vão fazer o que? Vão tentar me derrubar”, declarou o presidente.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247