SC ainda tem 160 mil desalojados e 16 mil desabrigados

Nmero de municpios afetados pela chuva aumentou para 111, sendo onze em estado de calamidade pblica e 59 em situao de emergncia, segundo o ltimo boletim

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Brasil – Dez dias depois da forte chuva que atingiu Santa Catarina, cerca de 160 mil pessoas ainda estão desalojadas e quase 16 mil desabrigadas. De acordo com o último relatório da Defesa Civil, divulgado no início da noite de ontem (18), aumentou para 111 o número de municípios afetados. Onze decretaram estado de calamidade pública e 59 decretaram situação de emergência. Até agora, 94 cidades enviaram notificação de desastre.

A chuva mais significativa nesta segunda-feira (19) é prevista para os estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. No Paraná, a chuva é acompanhada de descargas atmosféricas (raios) e deve ocorrer nas regiões oeste, sudoeste e sul do estado.

O Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de Santa Catarina (Epagri) emitiu aviso informando que não há motivo para os moradores das regiões atingidas pela enchente ficarem preocupados. A previsão é de chuva entre 40 e 60 milímetros (mm), do oeste ao litoral sul catarinense. De Florianópolis ao norte do estado, os valores devem variar entre 10 mm e 20 mm.

Os número finais dos prejuízos em infraestrutura nos municípios do Vale do Itajaí deverão ser divulgados hoje. Relatórios parciais apontam um valor aproximado de R$ 338 milhões. De acordo com a Secretaria de Infraestrutura, é possível que esse número chegue a R$ 400 milhões.

Neste fim de semana, o governo de Santa Catarina , por meio da Defesa Civil, teve o empenho e a transferência de R$ 3 milhões autorizados pelo Ministério da Integração Nacional para a execução de ações de socorro, de assistência às vítimas da última enchente e de restabelecimento dos serviços essenciais nas cidades afetadas.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247