Segurança com respeito aos gays no DF

Vigilantes do Parque da Cidade, de Braslia,recebero orientao sobre como abordar homossexuais de forma adequada; apalestra faz parte da luta contra o preconceito no espao



Natalia Emerich_Brasília 247 – Alternativa de esporte e lazer, o Parque da Cidade também se transformou em um dos pontos de encontro da comunidade homossexual. Por isso, o espaço ganhará reforço contra o preconceito. Nesta quarta-feira (14), às 19 horas, os 60 vigias que fazem a segurança do local participarão da Oficina de Capacitação em Direitos Humanos, parte do projeto Parque sem Homofobia.

A oficina é resultado de parceria entre a Administração de Brasília, o Parque da Cidade e a Elos, organização não governamental (ONG) voltada para os direitos de lésbicas, gays, bissexuais, transexuais e travestis – o público LGBT. Os palestrantes da ONG darão orientações sobre como agir ao abordar homossexuais. O administrador do parque, Paulo Dibuá, acredita que a palestra deixará os vigilantes mais bem informados e preparados. "Os homoafetivos são parte significativa dos nossos frequentadores, devem ser tratados adequadamente e com respeito", afirma.

O presidente da ONG Elos, Evaldo Amorim, explica que é necessário conscientizar trabalhadores de espaços públicos. "Os profissionais devem ser orientados de que a população LGBT também faz parte da sociedade", diz. Ele conta que ainda é comum o uso de termos inapropriados e a agressão na hora da abordagem. "A gente percebe, muitas vezes, a forma grosseira e pejorativa no trato", critica.

De acordo com Amorim, espaços específicos, como o Parque da Cidade, acabam virando refúgio para quem convive com o preconceito diário, até mesmo dentro de casa. "São lugares onde nos sentimos confortáveis para interagir, nos divertir e até mesmo namorar", desabafa.

Pré-Parada

A palestra faz parte de um projeto maior contra o preconceito, o Parque sem Homofobia. O local, um dos espaços mais democráticos de Brasília, também será palco para eventos de esporte, música e lazer LGBT.

Entre as ações está a prévia da Parada Gay, marcada para domingo (18), no Eixão. A Pré-Parada será na noite de sábado (17), no Bar Barulho (Estacionamento 11), a partir das 22 horas. Além da música e da diversão, uma tenda será montada para orientar e dar dicas de saúde aos presentes. A programação completa está no site da ONG Elos.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email