CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Brasil

Segurança para a Copa chega ao Congresso

Cmara dos Deputados destaca grupo s para cuidar do assunto. Visitas a sedes comeam nesta semana

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Rodolfo Borges_247, de Brasília – Os deputados Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara iniciam nesta semana visitas às cidades-sede da Copa de Mundo de 2014. O objetivo é acompanhar os gastos nas obras de preparação para o evento, mas uma área em particular preocupa os parlamentares envolvidos no trabalho. “Pouco se fala sobre a segurança durante a Copa. O Entorno de Brasília é considerado a área mais violenta do mundo e fica ao lado de uma das sedes”, disse ao Brasil 247 o presidente da Comissão, Sérgio Britto (PSC-BA), que decidiu destacar uma subcomissão só para cuidar do assunto.

Presidida pelo deputado Fernando Francischini (PSDB-PR), a subcomissão é composta por cinco parlamentares – a maioria da área de segurança – e reinicia os trabalhos nesta semana, depois da paralisia instalada na Câmara durante o caso Antonio Palocci. “Os governos Federal e dos estados parecem estar achando que a estrutura que existe hoje vai dar conta do recado sozinha, sem maiores investimentos, mas não vai”, alerta Francischini.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O deputado lembra que a morte de Osama Bin Laden foi um duro golpe nas organizações terroristas e que o Brasil pode ser considerado um alvo fácil para retaliações em nível mundial durante a Copa do Mundo. “Nunca recebemos um evento desse porte nesta área moderna. Não temos estrutura de inteligência, segurança ou investigação para encarar um eventos desses”, avalia.

Os parlamentares também planejam atuar como elo entre os estados, compartilhando e sugerindo experiências entre eles. “Nossa ação vai ser cobrar, mas é um trabalho propositivo, não de uma fiscalização de oposição radical. As missões da subcomissão de segurança devem começar antes do recesso de julho, mas o grupo de acompanhamento das obras já parte nos dias 16 e 17 para São Paulo e Rio de Janeiro, as duas primeiras sedes a serem visitadas.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

“A partir de agora, toda semana tem viagem para pelo menos duas sedes”, explica Sérgio Britto. No momento, os deputados estudam relatórios do Tribunal de Contas da União e da Controladoria-Geral da União, que também devem enviar representantes às visitas de campo. Os primeiros relatórios sobre a condição das obras devem estar prontos antes do fim do mês.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO