Sem prestígio e sem agenda, Bolsonaro almoça sozinho em Davos

"3,5 mil participantes e 70 chefes de estado e governo. Mas Bolsonaro almoçando sozinho em Davos", descreveu o correspondente do jornal O Estado de S. Paulo, Jamil Chade, em sua página nas redes sociais, ao comentar o desprestígio do presidente Jair Bolsonaro em Davos

Sem prestígio e sem agenda, Bolsonaro almoça sozinho em Davos
Sem prestígio e sem agenda, Bolsonaro almoça sozinho em Davos
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Evidenciado e desprestígio do governo de Jair Bolsonaro (PSL), o presidente foi flagrado almoçando no bandejão de um supermercado no centro de Davos, onde está para particicipar do Fórum Mundial.

"3,5 mil participantes e 70 chefes de estado e governo. Mas Bolsonaro almoçando sozinho em Davos", afirmou o correspondente do jornal O Estado de S. Paulo, Jamil Chade, em sua página nas redes sociais.

Segundo fontes, Bolsonaro estava com um pequeno grupo de seguranças. Foi até o self-service do supermercado Migros, uma rede popular na Suíça, para almoçar. De acordo com relatos de brasileiros que estavam no local, ele comeu um sanduíche e tomou um refrigerante.

 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247