Senadores criticam STF por afastamento de Chico Rodrigues e acusam Barroso de interferência indevida

Senadores criticaram a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal Luiz Roberto Barroso de afastar o senador Chico Rodrigues (DEM-RR), pego em flagrante pela Polícia Federal com dinheiro escondido na cueca. Eles consideram interferência indevida do Judiciário no Legislativo, que é um Poder independente

Senador Chico Rodrigues
Senador Chico Rodrigues (Foto: Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Senadores criticaram a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal Luiz Roberto Barroso de afastar o senador Chico Rodrigues (DEM-RR), pego em flagrante pela Polícia Federal com dinheiro escondido na cueca. Eles consideram interferência indevida do Judiciário no Legislativo, que é um Poder independente. Segundo membros do Senado, a decisão do supremo de afastar Chico Rodrigues por 90 dias foi precipitada. 

"Foi uma ação afoita. E o direito ao contraditório?" - questionou Ângelo Coronel (PSD-BA), que é integrante do Conselho de Ética do Senado. 

Segundo o Painel da Folha de S.Paulo, uma expressiva ala de parlamentares, da qual o presidente do Senado faz parte, defende que Rodrigues deve ser ouvido. Depois, sendo as acusações consistentes, ele poderia ser afastado num processo de cassação --mas não por uma decisão do STF. Eles lembram o caso de Aécio Neves (PSDB-MG), que teve o afastamento derrubado pelo plenário do Senado. Em fevereiro, a Câmara salvou Wilson Santiago (PTB-PB).

Esses senadores passaram a discutir a possibilidade de barrar a remoção do colega, apesar da repercussão do dinheiro na cueca. Pessoas próximas de Davi Alcolumbre (DEM-AP) afirmam que ele pode questionar o STF se decisão assim pode afastar parlamentar do mandato.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247