Sergio Cabral delatou dois ministros do STJ

Os ministros do Suprerior Tribunal de Justiça (STJ), Humberto Martins e Napoleão Nunes Maia Filho, foram citados por Sergio Cabral em sua delação premiada, fechada com a Polícia Federal e homologada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin

Sérgio Cabral
Sérgio Cabral (Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Dois ministros do Suprerior Tribunal de Justiça (STJ), Humberto Martins e Napoleão Nunes Maia Filho, foram delatados pelo ex-governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral. 

Os episódios envolvendo os dois ministros já haviam sido contados por outro delator, Orlando Diniz, ex-presidente da Fecomércio do Rio de Janeiro, que teve sua proposta de delação  recusada, informa a revista Época.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247