Simone Tebet, candidata dos bilionários, cai de 2% para 1% e enterra de vez a "terceira via"

Criação artificial dos golpistas de 2016, Tebet representa a continuidade da "ponte para o futuro"

www.brasil247.com - Simone Tebet
Simone Tebet (Foto: Roque de Sá/Agência Senado)


247 – A pré-candidata Simone Tebet, que representa os interesses dos bilionários que patrocinaram o golpe de estado de 2016 contra a ex-presidente Dilma Rousseff e a continuidade da fracassada "ponte para o futuro", caiu de 2% para 1% no Datafolha e enterrou de vez o projeto da "terceira via". 

"Simone Tebet caiu de 2% de intenções de voto para 1% entre a pesquisa do Datafolha de junho e a de hoje.  Nestes quase 30 dias, ela foi lançada oficialmente pré-candidata pelo MDB, recebeu apoio do PSDB e deu dezenas de entrevistas como postulante ao Planalto. Numa palavra, mostrou a cara. E, mesmo assim, perdeu metade do apoio que possuía. Em resumo, o que já era ruim, muito ruim, escalou para péssimo. Em conversas privadas, tanto líderes do MDB quanto do PSDB já viam com ceticismo a chance de Simone decolar ou mesmo de ser consagrada candidata de fato na convenção do MDB, que se realizará em julho. Com o 1% de hoje, que a coloca alinhada com Pablo Marçal (PROS) e Vera Lucia (PSTU), a manutenção da sua candidatura vai ser uma tarefa complicada", escreveu o colunista Lauro Jardim, do Globo.

A pesquisa Datafolha, divulgada nesta quinta-feira (23), apontou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) seria eleito no primeiro turno, com 53,4% dos votos válidos. Em segundo lugar ficou Jair Bolsonaro (PL), com 32%. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) apareceu com 8% dos votos. Outras candidaturas não ultrapassaram 2% das intenções de voto cada, como André Janones (Avante), Simone Tebet (MDB), Pablo Marçal (Pros) e Vera Lúcia (PSTU). Os eleitores que não sabem são 4% e os que votarão branco ou nulo chegaram a 7%.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Nos votos totais, Lula alcançou 47% contra 41% dos rivais no primeiro turno.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na pesquisa anterior, divulgada em março, o ex-presidente atingiu 54% dos votos válidos e também seria eleito em primeiro turno.

Foram entrevistados 2.556 eleitores em 181 cidades nos dias 22 e 23 de junho. A margem de erro é de dois pontos para mais ou menos. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A pesquisa, realizada nessa quarta (22) e nesta quinta (23), foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número 09088/2022.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email