Solnik: gasolina brasileira é a segunda mais cara do mundo

A respeito da greve dos caminhoneiros que já dura quatro dias, o jornalista Alex Solnik denuncia que o preço da gasolina e diesel no Brasil é um verdadeiro escândalo; "É a segunda gasolina do mundo, só perde para Noruega. A gasolina na Venezuela custa menos de um centavo de dólar", compara; Assista a íntegra do programa Boa Noite 247 

A respeito da greve dos caminhoneiros que já dura quatro dias, o jornalista Alex Solnik denuncia que o preço da gasolina e diesel no Brasil é um verdadeiro escândalo; "É a segunda gasolina do mundo, só perde para Noruega. A gasolina na Venezuela custa menos de um centavo de dólar", compara; Assista a íntegra do programa Boa Noite 247 
A respeito da greve dos caminhoneiros que já dura quatro dias, o jornalista Alex Solnik denuncia que o preço da gasolina e diesel no Brasil é um verdadeiro escândalo; "É a segunda gasolina do mundo, só perde para Noruega. A gasolina na Venezuela custa menos de um centavo de dólar", compara; Assista a íntegra do programa Boa Noite 247  (Foto: Lais Gouveia)

TV 247 – O programa Boa Noite 247 desta quinta-feira (23) destacou a carta do ex-presidente Lula aos prefeitos e a greve dos caminhoneiros que já dura quatro dias e afeta setores estratégicos do país. A reivindicação da classe é contra ao aumento abusivo do preço do Diesel. O jornalista Alex Solnik destaca que a gasolina brasileira é a segunda mais cara do mundo. 

Solnik diz que o preço da gasolina e diesel no Brasil é um verdadeiro escândalo. "É a segunda gasolina do mundo, só perde para Noruega. A gasolina na Venezuela custa menos de um centavo de dólar", compara. 

O jornalista Willian de Lucca observa que já foram 121 aumentos sobre o combustível desde que Temer deu o golpe. "A Petrobras está assumindo um papel empresarial e não de empresa pública e estatal que é", afirma. 

Lula Livre 

O ex-presidente Lula reafirma sua candidatura em carta lida pela senadora Gleisi Hoffmann durante a marcha dos prefeitos e diz: "Se querem me derrotar, que seja nas urnas". 

De Lucca afirma que a campanha de Lula seguirá firma. "Não tenho dúvida que a Senadora Gleisi e a militância petista continuarão nas ruas lutando pela liberdade de Lula e seu direito de ser presidente", ressalta. 

Inscreva-se na TV 247 e confira o program Boa Noite 247

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247