Solnik: Maduro mostra que Trump é o maior interessado em promover guerras

O presidente Nicolás Maduro convidou Donald Trump para um encontro e disse que está disposto a estabelecer o diálogo; na opinião do jornalista Alex Solnik, ao promover tal gesto, "Maduro mostra que é Trump o maior interessado em promover guerra", ao contrário da narrativa estadunidense de que Maduro é o inflexível; "Por que Trump senta à mesa com Kim Jong-un, mas se nega a dialogar com Maduro?", questiona

Solnik: Maduro mostra que Trump é o maior interessado em promover guerras
Solnik: Maduro mostra que Trump é o maior interessado em promover guerras

247 - O programa Boa Noite 247 desta quarta-feira (27) destacou a visita de Juan Guaidó a Bolsonaro, o arquivamento do processo de lavagem de dinheiro contra Fernando Haddad, e os ataques do governo ao agronegócio. 

Na visão do jornalista Alex Solnik, ao visitar o Brasil, Guaidó aproxima-se cada vez mais o Brasil de uma invasão na Venezuela. "Guaidó quer voltar à Venezuela [ele saiu da fonteira da Venezuela com a Colômbia de forma ilegal, no último sábado] e não tem como, afinal, ele saiu de seu país de forma ilegal. Agora quer criar mais um fato político com isso, assim como foi a falsa ajuda humanitária", analisa. 

"Como somos governados pela extrema-direita, de fato não sabemos o que Bolsonaro pode ser. Ele pode colocar o Brasil numa guerra a qualquer momento", observa. 

O jornalista Paulo Moreira Leite explica que Guaidó era um "Zé ninguém na oposição venezuelana, e que só ganhou algum destaque quando se a"autoproclamou presidente". 

O presidente Nicolás Maduro convidou Donald Trump para um encontro e disse que está disposto ao diálogo. Na opinião de Solnik, ao promover tal gesto, "Maduro mostra que é Trump o maior interessado em promover guerra", ao contrário da narrativa estadunidense de que Maduro é inflexível.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247