STF decide que processos contra Lula devem tramitar na Justiça Federal de Brasília

Após declarada a incompetência da 13ª Vara de Curitiba para julgar as ações contra Lula, a maioria do Supremo decidiu que o foro adequado para reexaminar os processos é o da Justiça Federal do Distrito Federal. Acompanhe ao vivo na TV 247

(Foto: Felipe L. Gonçalves/Brasil247 | ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quinta-feira (22), por maioria de 6 contra 3, que, os processos contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva devem tramitar na Justiça Federal do Distrito Federal. 

Inscreva-se na TV 247, seja membro, e acompanhem ao vivo:

O STF julga agora um recurso que questiona a competência da 2ª Turma da Corte para considerar o ex-juiz Sergio Moro suspeito para julgar Lula no caso do tríplex. 

Ao anular as condenações contra o ex-presidente, o ministro Luiz Edson Fachin declarou que um outro pedido de HC de Lula, esse envolvendo a parcialidade de Moro, havia perdido o objeto. A 2ª Turma, onde tramitava o processo, discordou e considerou o ex-juiz suspeito. 

A expectativa é a de que o Plenário mantenha a parcialidade. A defesa de Lula sustenta que a 2ª Turma já decidiu o caso e que, conforme questão de ordem apresentada na Ação Penal (AP) 618, não se admite a alteração do órgão julgador para o Plenário após iniciado o julgamento, sob pena de ofensa ao princípio do juízo natural.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email