STF ordena busca em casa de general que reage e vê desespero

O Supremo Tribunal Federal ordenou buscas na casa do general da reserva do Exército brasileiro Paulo Chagas; "Caros amigos, acabo de ser honrado com a visita da Polícia Federal em minha residência, com mandato de busca e apreensão expedido por ninguém menos do que ministro Alexandre de Moraes. Quanta honra! Lamentei estar fora de Brasília e não poder recebe-los pessoalmente", disse; o general, de extrema-direita, chegou a ser cogitado como companheiro de chapa de Bolsonaro nas eleições de 2018; foi candidato derrotado ao governo do Distrito Federal pelo PRP, com apoio de Bolsonaro

www.brasil247.com - STF ordena busca em casa de general que reage e vê desespero
STF ordena busca em casa de general que reage e vê desespero (Foto: Reuters | Reprodução)


247 - O Supremo Tribunal Federal ordenou buscas na casa do general da reserva do Exército brasileiro Paulo Chagas. O general, de extrema-direita, chegou a ser cogitado como companheiro de chapa de Bolsonaro nas eleições de 2018; foi candidato derrotado ao governo do Distrito Federal pelo PRP, com apoio de Bolsonaro

"Caros amigos, acabo de ser honrado com a visita da Polícia Federal em minha residência, com mandato de busca e apreensão expedido por ninguém menos do que ministro Alexandre de Moraes. Quanta honra! Lamentei estar fora de Brasília e não poder recebe-los pessoalmente", escreveu o militar no Twitter.

"A pressão popular sobre os ministros do STF está surtindo efeito. Se quem não deve não teme, por que Gilmar Mendes e Toffolli estão tão agressivos? O desespero indica que estamos no caminho da verdade! 'Sustentar o fogo porque a vitória é nossa'", disse.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email