STF questiona portaria de Moro sobre deportações

O STF (Supremo Tribunal Federal) está vendo com ressalvas a portaria baixada pelo ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro que permite a deportação sumária de estrangeiros “perigosos” do Brasil; a tramitação da matéria na Câmara dos Deputados também sofre resistência

(Foto: Lula Marques)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O STF - Supremo Tribunal Federal está vendo com ressalvas a portaria baixada pelo ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro que permite a deportação sumária de estrangeiros “perigosos” do Brasil. 

A tramitação da matéria na Câmara dos Deputados também sofre resistência. 

Um dos pontos mais questionados é o que estabelece que o alvo do pedido terá apenas 48 horas para apresentar a sua defesa.  Ministros da Suprema Corte consideram que em prazo tão curto a pessoa não consegue encontrar um advogado, esclarecer as denúncias de que é acusada e apresentar uma defesa formal.  

A Lei de Migração concede um prazo de 60 dias para o acusado em casos de deportação ordinária.  

As informações são da jornalista Mônica Bergamo em sua coluna na Folha de S.Paulo

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247