STF rejeita denúncia contra Jucá e Gerdau

Segunda Turma do STF rejeitou a denúncia feita pela Procuradoria-Geral da República (PGR) no âmbito da Operação Zelotes contra o senador Romero Jucá (MDB-RR) e o empresário Jorge Gerdau; senador é acusado de receber vantagens indevidas da ordem de R$ 1,33 milhão pago por Gerdau por meio de doação oficial entre os anos de 2010 e 2014 visando favorecer suas empresas em Roraima; participaram da sessão que recusou a denúncia por unanimidade os ministros Dias Toffoli, Celso de Mello e o relator do inquérito, Edson Fachin

STF rejeita denúncia contra Jucá e Gerdau
STF rejeita denúncia contra Jucá e Gerdau (Foto: ABR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou a denúncia feita pela Procuradoria-Geral da República (PGR) no âmbito da Operação Zelotes contra o senador Romero Jucá (MDB-RR) e o empresário Jorge Gerdau. O senador é acusado de receber vantagens indevidas da ordem de R$ 1,33 milhão pago por Gerdau por meio de doação oficial entre os anos de 2010 e 2014 visando favorecer suas empresas em Roraima.

Participaram da sessão que recusou a denúncia por unanimidade os ministros Dias Toffoli, Celso de Mello e o relator do inquérito, Edson Fachin. Os ministros Gilmar Mendes, que está em Portugal, e Ricardo Lewandowski não participaram da sessão. Jucá foi denunciado pela PGR em 2017 pelos crimes de lavagem de dinheiro juntamente com Gerdau.

No início de março deste ano, porém, a Primeira Turma do STF acatou, por unanimidade, outra denúncia contra Jucá, pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro pelo recebimento de R$ 150 mil da Odebrecht em troca da aprovação de medidas provisórias que beneficiariam a empresa.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247