STJ nega pedido de Flávio Bolsonaro para suspender investigações

O senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) sofreu mais um derrota e o STJ negou o pedido de suspender imediatamente a investigação sobre corrupção na Assembleia do Rio, do qual é alvo por movimentação suspeita, assim como o seu assessor Fabrício Queiroz

Internautas criam abaixo-assinado pela cassação de Flávio Bolsonaro
Internautas criam abaixo-assinado pela cassação de Flávio Bolsonaro (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou o pedido do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) para suspender imediatamente a investigação sobre corrupção na Assembleia do Rio. 

O ministro Felix Fischer endossou a decisão de desembargador do Tribunal de Justiça do Rio que entende por “lícita a investigação, destacando que as movimentações bancárias constituíram indícios de suposta lavagem de dinheiro”.

O ministro destacou, no entanto, que “em homenagem ao princípio da ampla defesa”, o caso será analisado no mérito para “verificar eventual constrangimento ilegal passível de ser sanado de ofício”.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247