Stoppa: sem união da esquerda, aceitaremos mais um tapa na cara

O apresentador Leonardo Stoppa enfatiza que, sem união das esquerdas já no primeiro turno, o povo aceitará mais um tapa na cara; "Já caímos no golpe dos 20 centavos de 2013, na sequência aceitamos o afastamento da Dilma sem brigar, depois foi a prisão de Lula. Agora, eles irão inventar uma formula para rifar completamente o PT do pleito eleitoral", analisa; assista o programa Léo ao Quadrado

Stoppa: sem união da esquerda, aceitaremos mais um tapa na cara
Stoppa: sem união da esquerda, aceitaremos mais um tapa na cara

TV 247 - O programa Léo ao Quadrado desta segunda-feira (23) destacou o imbróglio que paira na composição de uma união da esquerda no primeiro turno e a saga de arbitrariedades do judiciário, que mantém o ex-presidente Lula encarcerado há mais de três meses na sede da Polícia Federal de Curitiba (PR). 

O apresentador Leonardo Stoppa acredita que, por mais que o PT consiga inscrever a candidatura de Lula, o seu nome não estará nas urnas, caso não ocorra um levante popular. "O Lula indicou fulano? o judiciário irá inviabilizar o fulano, rasgando a constituição e agindo através da canetada, devemos sempre lembrar que o Brasil vive um regime de exceção", alerta. 

Ele enfatiza que, sem união das esquerdas já no primeiro turno, o povo aceitará mais um tapa na cara. "Já caímos no golpe dos 20 centavos de 2013, depois aceitamos o afastamento da Dilma sem brigar, depois foi a prisão de Lula. Agora eles irão invetar uma formula para rifar completamente o PT do pleito eleitoral", analisa Stoppa. 

 

Inscreva-se na TV 247 e confira o programa Léo ao Quadrado 


Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247