“Suspeição de Moro fará bem à imagem do Brasil”, diz Celso Amorim

O ex-chanceler do governo Lula avaliou que a percepção de que a Justiça brasileira agiu com suspeição fará bem à imagem do país. No entanto, ele alerta: “Só espero que não inventem nenhum subterfúgio para manter o ex-presidente Lula sem direitos políticos”. Assista

(Foto: Felipe L. Gonçalves/Brasil247 | ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-chanceler Celso Amorim, em entrevista à TV 247, analisou as novas revelações que evidenciam a parcialidade do ex-juiz Sergio Moro no julgamento do ex-presidente Lula. Para Amorim, um julgamento favorável a Lula, que teve sua imagem atacada nos últimos anos em razão da perseguição judicial, teria um reflexo positivo''.

“Demorou um pouco para chegar à percepção da injustiça que foi cometida”, iniciou Amorim. “As pessoas ficam na dúvida, pois a Justiça ainda é muito respeitada. Mas com todas as revelações que foram emergindo, foi ficando claro que houve um julgamento parcial”, disse. 

No entanto, apesar da mancha na imagem do país, Amorim acredita que “um julgamento favorável terá também um reflexo positivo''. “Uma suspeição de Moro fará bem à imagem do país”, afirma. 

“Só espero que não inventem nenhum subterfúgio para manter o ex-presidente Lula sem direitos políticos”, ressaltou o ex-chanceler.

Inscreva-se na TV 247, seja membro e compartilhe:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email