Suspeito, Moro ampliou atividades de sua empresa após lançar candidatura

Moro fundou a Moro Consultoria e Assessoria em Gestão Empresarial de Riscos em agosto de 2020. Ele foi contratado pela Alvarez & Marsal em novembro de 2020

www.brasil247.com - Sergio Moro
Sergio Moro (Foto: Reprodução)


Por Guilherme Amado, no Metrópoles; 247 - Ex-juiz suspeito, Sergio Moro ampliou as atividades de sua empresa depois que se lançou pré-candidato ao Planalto. Em 29 de novembro, 19 dias após anunciar sua pré-candidatura e se filiar ao Podemos, o ex-ministro incluiu na Moro Consultoria os serviços de cursos preparatórios para concursos, palestras e aulas de pós-graduação. Por meio dessa empresa, Moro foi contratado até outubro pela consultoria americana Alvarez & Marsal. O negócio está na mira do Tribunal de Contas da União (TCU).

Registros da Junta Comercial do Paraná apontam que Moro fundou a Moro Consultoria e Assessoria em Gestão Empresarial de Riscos em agosto de 2020, em Curitiba. O ex-juiz da Lava Jato é o único sócio da firma criada quatro meses depois que pediu demissão do governo Bolsonaro. Segundo o contrato social da empresa, a Moro Consultoria prestava apenas uma atividade econômica: “consultoria e assessoria em gestão de riscos e investigações, ética empresarial e governança corporativa”.

A contratação de Moro pela Alvarez, em novembro de 2020, foi criticada porque a empresa é a administradora judicial do processo de recuperação do Grupo Odebrecht, cujos executivos Moro condenou quando era o juiz à frente da Lava Jato.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Ministério Público quer saber quanto o ex-juiz suspeito lucrou com a consultoria estadunidense que também lucrou com a destruição de empresas brasileiras. O órgão quer saber ainda como Moro foi remunerado, declarado suspeito e parcial pelo Supremo Tribunal Federal nos processos da Lava Jato contra o ex-presidente Lula.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Procurado pela coluna de Amado, Sergio Moro afirmou, por meio de sua assessoria: “O contrato de trabalho de Sergio Moro com a empresa norte-americana previa exclusividade para algumas atividades. Portanto, quando ele encerrou o trabalho na consultoria, no fim de outubro de 2021, pôde expandir as possibilidades da empresa registrada em seu nome”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Leia a íntegra no Metrópoles

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email