TCU rejeita recurso do governo Bolsonaro e mantém restrições em campanhas publicitárias

O Tribunal de Contas da União (TCU) rejeitou um recurso movido pelo governo de Jair Bolsonaro e manteve as restrições impostas a campanhas publicitárias na Internet do Ministério das Comunicações

(Foto: TCU | REUTERS/Adriano Machado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Tribunal de Contas da União (TCU) rejeitou um recurso movido pelo governo de Jair Bolsonaro e manteve as restrições impostas a campanhas publicitárias na Internet do Ministério das Comunicações. 

O ministério agora comanda o que era a Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República (Secom), que liderou a propagação de fake news em portais bolsonaristas e nas redes sociais. A decisão do TCU foi tomada no dia 12 de agosto, mas publicada nesta quinta-feira, 27.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email