TCU vai analisar participação de Bolsonaro em manipulação de verbas destinadas à comunicação

Bolsonaro poderia estar envolvido no escândalo da manipulação de recursos públicos para a contratação de serviços de mídia. O Tribunal de Contas da União quer verificar se estão sendo usadas verbas oficiais para privilegiar determinados veículos de comunicação em detrimento de outros

(Foto: ADRIANO MACHADO - REUTERS)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O TCU (Tribunal de Contas da União) vai analisar na prestação de contas de Jair Bolsonaro a aplicação de recursos públicos na área de comunicação social.

A jornalista Mônica Bergamo informa em sua coluna que o órgão quer "verificar se dinheiro público está sendo usado para manietar veículos, com impactos na liberdade de imprensa".

A suspeita é que Bolsonaro está envolvido na manipulação de verbas de comunicação. 

Segundo relatórios do TCU, a TV Record  recebeu um percentual maior de verbas de publicidade no ano passado, enquanto os recursos da TV Globo dimuíram. A Record é alinhada com Bolsonaro desde a campanha eleitoral de 2018 e apoia ostensivamente o governo. 

O Secretário de Comunicação da Presidência da República, Fabio Wajngarten, está sendo investigado por favorecer na distribuição de verbas públicas clientes de sua empresa particular de publicidade. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247