Telegram suspende grupo bolsonarista com mais de 60 mil usuários

A rede social afirmou que o canal 'super grupo B-38 oficial' será reaberto após a remoção de "conteúdo ilegal"

www.brasil247.com -
(Foto: Reuters)


247 - O Telegram suspendeu temporariamente um grupo bolsonarista com cerca de 67 mil pessoas. A rede social informou que a suspensão se deveu a postagem de "conteúdo ilegal".

Segundo o site Núcleo Jornalismo, ao entrar no chat do canal 'super grupo B-38 oficial', internautas recebem o aviso: "desculpe, este grupo está temporariamente inacessível para dar aos administradores tempo para remover as mensagens de usuários que postaram conteúdo ilegal. Vamos reabrir o grupo assim que a ordem for restaurada". 

A moderação de conteúdo vem após a adesão do Telegram ao Programa de Enfrentamento à Desinformação, do Tribunal Superior Eleitoral. Participam dele outras grandes redes plataformas, como Google, Facebook, Twitter e TikTok.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email