Temer adia reajuste de servidores para 2020

Michel Temer adiou para 2020 o reajuste salarial dos servidores da União, após ouvir recomendações de sua equipe econômica para fechar as contas; Palácio do Planalto, que estima uma economia de R$ 6,9 bilhões com a medida

Temer adia reajuste de servidores para 2020
Temer adia reajuste de servidores para 2020 (Foto: Marcelo Camargo - ABR)

247 - Michel Temer adiou para 2020 o reajuste salarial dos servidores da União, após ouvir recomendações de sua equipe econômica para fechar as contas. A informação foi confirmada ao blog do Valdo Cruz nesta sexta-feira (31) pelo Palácio do Planalto, que estima uma economia de R$ 6,9 bilhões com a medida.

De acordo com o Ministério do Planejamento, a equipe econômica já havia alertado Temer sobre o custo do reajuste, que chega a quase R$ 7 bilhões, conforme citado.

O próximo governo já assumirá o Planalto com desordem das contas públicas. O executivo estadual prevêu déficit de R$ 139 bilhões para 2019.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247