Temer pede ao STF acesso a novo áudio das delações da JBS

A defesa de Michel Temer pediu nesta terça-feira (5) ao Supremo Tribunal Federal (STF) para ter acesso à nova gravação entregue pelos delatores da JBS à Procuradoria Geral da República (PGR); o áudio foi levado ao Ministério Público Federal no último dia 31, e segundo o procurador-geral, Rodrigo Janot, o conteúdo é "gravíssimo"; a PGR decidiu apurar se os delatores omitiram informações; o acordo será revisado e pode ser rescindido. Segundo Janot, as provas serão mantidas e eventuais novas denúncias não estão inviabilizadas

Temer faz discurso em Brasília 22/8/2017 REUTERS/Adriano Machado
Temer faz discurso em Brasília 22/8/2017 REUTERS/Adriano Machado (Foto: Romulo Faro)

247 - A defesa de Michel Temer pediu nesta terça-feira (5) ao Supremo Tribunal Federal (STF) para ter acesso à nova gravação entregue pelos delatores da JBS à Procuradoria Geral da República (PGR). 

O áudio foi levado ao Ministério Público Federal no último dia 31, e segundo o procurador-geral, Rodrigo Janot, o conteúdo é "gravíssimo".

A PGR decidiu apurar se os delatores omitiram informações. O acordo será revisado e pode ser rescindido. Segundo Janot, as provas serão mantidas e eventuais novas denúncias não estão inviabilizadas.

Os advogados de Temer também pediram ao STF para ter acesso a outros áudios, apagados do gravador usado por Joesley Batista, dono da empresa, mas posteriormente recuperados pela Polícia Federal.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247