Temer promete a sindicatos regulamentar contribuição em 15 dias

O deputado federal Paulinho da Força (SDD-SP) e outros integrantes da Força Sindical ouviram de Michel Temer a promessa de que a proposta de uma nova forma de contribuição sindical será enviada ao Congresso em 15 dias; segundo a proposta, o valor da contribuição será fixado pela assembleia geral da categoria profissional e será descontado na folha de pagamento de todos os trabalhadores

O deputado federal Paulinho da Força (SDD-SP) e outros integrantes da Força Sindical ouviram de Michel Temer a promessa de que a proposta de uma nova forma de contribuição sindical será enviada ao Congresso em 15 dias; segundo a proposta, o valor da contribuição será fixado pela assembleia geral da categoria profissional e será descontado na folha de pagamento de todos os trabalhadores
O deputado federal Paulinho da Força (SDD-SP) e outros integrantes da Força Sindical ouviram de Michel Temer a promessa de que a proposta de uma nova forma de contribuição sindical será enviada ao Congresso em 15 dias; segundo a proposta, o valor da contribuição será fixado pela assembleia geral da categoria profissional e será descontado na folha de pagamento de todos os trabalhadores (Foto: Charles Nisz)

247 - O deputado federal Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força (SDD-SP), e dirigentes da Força Sindical deixaram o Palácio do Planalto, nesta terça-feira (3), com a promessa de que a regulamentação da contribuição assistencial aos sindicatos acontecerá em 15 dias. Michel Temer se comprometeu a enviar um projeto para substituir a contribuição sindical.

Segundo a proposta, o valor da contribuição será fixado pela assembleia geral da categoria profissional e será descontado na folha de pagamento da empresa no mês em que for registrada a convenção ou acordo coletivo de trabalho no Ministério do Trabalho. O desconto será aplicado a todos os trabalhadores, independentemente de sua filiação a sindicatos, desde que a assembleia conte a presença de 10% da categoria.

Os representantes da Força alegaram, durante a reunião, que milhares de trabalhadores estão às vésperas de suas convenções coletivas e seria urgente a regulamentação da contribuição. O deputado Paulinho afirma que o desenho final da contribuição deverá estar formatado até a semana que vem.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247