Temer propõe que Lula conceda anistia a Bolsonaro pelos crimes cometidos em seu governo

Segundo o golpista, a medida ajudaria a pacificar o País

www.brasil247.com - Michel Temer e Jair Bolsonaro
Michel Temer e Jair Bolsonaro (Foto: Ueslei Marcelino/Reuters | Marcos Corrêa/PR)


247 – O golpista Michel Temer, que usurpou a presidência da República e implantou a "ponte para o futuro", programa neoliberal que trouxe a fome de volta ao Brasil, propôs, em evento organizado pelos jornais O Globo e Valor Econômico, que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva conceda anistia a Jair Bolsonaro pelos crimes cometidos nos últimos quatro anos, caso se eleja para um terceiro mandato.

“O ideal seria fazer um grande pacto nacional, como aconteceu na Espanha. E quem for eleito chama a oposição, os 27 governadores eleitos, os chefes de poderes e organizações da sociedade civil para trabalhar até a posse. Quero ver quem se oporia a isso. As pessoas respirariam aliviadas. Isso seria o ideal”, disse ele. “Quando falo nesse pacto de pacificação, estou imaginando que seria verificado, se houver anistia, o que é anistiável e o que não é. Mas seria um gesto de harmonia no país”, complementou.

Em entrevista recente à CNN, Lula também foi questionado por William Waack se concederia anistia a Bolsonaro – o que foi um reconhecimento implícito de que há um criminoso no comando do País.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email