Tese de confirmação pelas instâncias superiores não sobrevive depois de hoje, diz Lenio sobre Vaza Jato

"O argumento da confirmação por parte das instâncias superiores não parece que vai sobreviver depois de hoje", afirma o jurista Lenio Streck, sobre a nova reportagem da Vaza Jato que revelou encontros fortuitos entre Deltan Dallagnol e o desembargador João Pedro Gebran, do TRF4

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O jurista Lenio Streck, professor de Direito Constitucional, comentou por meio de sua página nas redes sociais sobre a nova reportagem da Vaza Jato que revela os encontros fortuitos entre Deltan Dallagnol, procurador da Lava Jato, e João Pedro Gebran, desembargador do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4).

"O argumento da adulteração de hacker já era derrotado pela lógica. O argumento da confirmação por parte das instâncias superiores não parece que vai sobreviver depois de hoje. O que restará?", indaga o jurista.

Segundo ele, as novas revelações derrubam o argumento de que a condenação de Lula por Sergio Moro não estaria contaminada por também ter sido validada por outras instância.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247