Thomaz Bastos represou a Cachoeira

Advogado teria conseguido convencer o bicheiro a no comprometer polticos da base aliada

Thomaz Bastos represou a Cachoeira
Thomaz Bastos represou a Cachoeira (Foto: Alexandre Rezende/Folhapress)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Duas notas publicadas neste fim de semana, uma em Veja, outra na Istoé, indicam que o advogado Márcio Thomaz Bastos vem sendo bem-sucedido na sua missão, que estaria mais ligada aos interesses do governo federal do que, propriamente, do contraventor Carlos Cachoeira. De acordo com as informações, o ex-ministro da Justiça teria conseguido convencer Cachoeira a não abrir a boca e não comprometer políticos da base aliada.

Na seção Radar, a nota “As águas vão rolar?” diz que o bicheiro jura que “não pensa em vingança e não agirá como homem-bomba”. Na Istoé, a nota “Em nome da Paz” revela que Bastos só aceitou a defesa de Cachoeira, por R$ 15 milhões, quando teve a certeza de que ele não atacaria políticos ligados ao PT e aos partidos da base aliada.

Ou seja: aparentemente, Thomaz Bastos conseguiu represar as águas da caudalosa cachoeira goiana. Mas não se sabe como Cachoeira irá reagir sob pressão. A conferir.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email