Tijolaço: "jotabesses" se apresentam. Temer comemora

Para o editor do Tijolaço, Fernando Brito,  a prisão de Joesley Batista e Ricardo Saud, não traz nada de novo ao triste filme da política brasileira; "A primeira cena é o "picadinho de Janot", que dividirá espaços com o depoimento de Lula a Sérgio Moro, na terça; na quarta, O STF julgará o pedido de suspeição Rodrigo Janot, que terá a quinta e a sexta para apresentar a segunda denúncia contra Temer; "E Joesley e Ricardo Saud?Ah, estes ficam na geladeira, esperando que aprendam a dizer direito as palavras mágicas: Lula e Dilma. Elas são o "Abre-te Sésamo" das cadeias brasileiras", destaca Brito

JOesley
JOesley (Foto: Paulo Emílio)

Fernando Brito, no TijolaçoCom Joesley Batista e Ricardo Saud na cadeia e suspenso o acordo de delação premiada da JBS, o roteiro do filme é, em boa parte, previsível.

A primeira cena é o "picadinho de Janot", ao longo da semana, dividindo espaços com o depoimento de Lula a Sérgio Moro, na terça.

A foto com o advogado de Batista – que contratou outro para acompanha-lo à PF, depois da publicação da imagem – é o tempero que faltava. É legal, claro, mas parece agredir os "estatutos da gafieira" em que estamos metidos.

Quarta, o espetáculo é no STF, quando será julgado o pedido de impedimento do Procurador Geral da República para apresentar denúncias contra Temer no caso JBS e Gilmar Mendes, melhor do que faria o advogado de Temer, vai sapatear sobre Janot e Fachin, inclusive invocando o "eu não disse" de um mês atrás quando dos questionamentos à homologação monocrática e meramente burocrática dos acordos.

Poupado com a clemência do STF de uma desmoralização a dois dias úteis do final de seu mandato, Janot terá a quinta e a sexta para apresentar a segunda denúncia contra Temer.

A menos que venha algum fato novo de depoimentos de Rocha Loures e Geddel Vieira Lima que tenham escapado do vazadouro, será chocha.

No final de semana, o necrológio inglório.

Paradoxalmente, porém, a desmoralização de Janot ajuda sua sucessora, Raquel Dodge, a restabelecer algum grau de serenidade de discrição à atuação do Ministério Público, se for esta a sua orientação.

E Joesley e Ricardo Saud?

Ah, estes ficam na geladeira, esperando que aprendam a dizer direito as palavras mágicas: Lula e Dilma.

Elas são o "Abre-te Sésamo" das cadeias brasileiras.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247