CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Brasil

Tony Garcia apresenta novas denúncias: Moro prevaricou em caso contra mulher do juiz Danilo para chantageá-lo

“A chave do cofre com todos os esqueletos da Lava Jato estão hoje nas mãos de Danilo Pereira Junior", diz o empresário

Tony Garcia, Danilo Pereira Júnior e Moro (Foto: Reprodução | Ajufe | ABR)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O empresário Tony Garcia, um dos responsáveis por denunciar ilegalidades de lavajatistas em Curitiba, usou as redes sociais para criticar a decisão do Conselho Nacional de Justiça de manter nos cargos os juízes Gabriela Hardt e Danilo Pereira Júnior.

Numa postagem intitulada como “denúncia”, marcando as páginas do Supremo Tribunal Federal (STF), Polícia Federal, Ministério Público Federal e do próprio CNJ, o empresário afirma que “a chave do cofre com todos os esqueletos da Lava Jato estão hoje nas mãos de Danilo Pereira Junior como também estiveram nas mãos de Gabriela Hardt que, na tentativa de acobertar criminosamente essas denúncias que levei a ela, me oportunizou trazer à luz do sol o que guardo inconformado durante 20 anos”.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Ele inicia o texto afirmando que os comentários do ministro Luís Roberto Barroso, presidente do CNJ, durante a sessão que julgou os juízes evidencia que ele desconhece quem é o atual juiz da 13ª Vara Federal de Curitiba, Danilo Pereira Júnior.

Ele relata: “Danilo Pereira Júnior foi funcionário do consórcio Nacional Garibaldi no departamento jurídico dessa empresa por muitos anos. Eu era dono de uma empresa de seguros ramo que prestava serviços a essa empresa, como também uma outra empresa da minha família fornecia bens a essa empresa. Pois bem - em 1994 o BACEN determinou intervenção nessa empresa e enviou o relatório conclusivo da liquidação extrajudicial ao juiz Sergio Moro. Na lista dos denunciados pelo BACEN, constava o nome de MAURITÂNIA BOGUS como BENEFICIÁRIA de duas CONTEMPLAÇÕES FRAUDULENTAS”.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Tony Garcia afirma que Mauritânia é esposa do juiz Danilo Pereira que, como funcionário do consórcio Garibaldi, “usou sua esposa como laranja para surrupiar dinheiro da empresa com contemplações falsificadas em claro crime contra o sistema financeiro nacional”.

“O que fez o juiz Sergio Moro diante da denúncia do BACEN? N A D A, absolutamente nada, mesmo diante de todas as provas documentais enviadas pelo BACEN e do depoimento do representante da empresa confessando os crimes e a veracidade dos documentos que indicavam o caminho do dinheiro desviado”, acrescentou.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O empresário afirma que Moro “prevaricou com segundas intenções”.

“Esse juíz, ministro @LRobertoBarroso, nada tem de conduta ilibada, pois na época, CHANTAGEADO pelo também ‘NADA PROBO’ Sergio Moro, buscou um “companheiro” do consórcio Garibaldi, Agostinho de Souza, levando-o até Moro para uma delação OFICIOSA FORJADA onde me acusou de ser dono do consórcio. O QUE NUNCA FUI!”, escreveu.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Ainda de acordo com Tony Garcia, em troca, Mauritânia , mulher do juiz Danilo, “não foi sequer ouvida e Danilo ficou nas mãos de Moro ad aeternum. O que denuncio senhores e senhoras, está consubstanciado em PROVAS INEQUÍVOCAS em autos oficiais hoje em posse do ministro Dias Toffoli com inquérito em andamento sob sigilo absoluto”, sustenta o empresário.

“São fatos GRAVÍSSIMOS que desnudam o modus operandi CRIMINOSO de Sergio Moro, Dentan Dallagnol e toda a súcia da República de Curitiba na Lava Jato 10 anos antes da instalação da malfadada operação quando, SEQUESTRARAM-ME e PRENDERAM-ME por algo que nunca fiz, ato contínuo, usaram de TORTURA por anos a fio no intuito de obtenção de informações totalmente fora do escopo do meu acordo assinado sob COAÇÃO”, afirma.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Doc Tony Garcia

Tony finaliza afirmando que bons juízes não podem pagar por erros dos que usam o cargo para cometer crimes. “É preciso separar o joio do trigo cortando na carne, por isso ser imperioso o afastando de DANILO PEREIRA JÚNIOR como também de GABRIELA HARDT para que não pairem dúvidas qto a isenção da justiça em investigar seus pares. Pau que dá em Chico tem que dar em Francisco EXEMPLARMENTE!”.

Doc Tony Garcia

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO