TSE assina acordo com OEA para ter observadores internacionais nas eleições deste ano

Presidente do TSE, Edson Fachin, reuniu-se com o secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), Luis Almagro, em Washington

www.brasil247.com - Luis Almagro
Luis Almagro (Foto: Juan Manuel Herrera/OAS)


247 - Em viagem a Washington, capital dos Estados Unidos, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Edson Fachin, assinou um acordo com o secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), Luis Almagro, para que a OEA seja um observador internacional nas eleições deste ano. 

No acordo, é previsto que os técnicos da OEA visitem qualquer seção eleitoral e dependências da Justiça Eleitoral. Ao final da missão, um relatório final deve ser publicado com conclusões e recomendações.

"Este é mais um daqueles momentos importantes, em que a Justiça Eleitoral brasileira promove plena liberdade e autonomia para que a OEA possa realizar a sua missão de observação nas eleições gerais de outubro deste ano", afirmou Fachin.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A OEA integrou a Missão de Observação no Brasil em 2018 e 2020. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email