TSE decide que partidos devem prestar contas dos gastos em tempo real na internet

Os comprovantes da prestação de contas das legendas deverão ser disponibilizados diariamente, assim como já acontece com as despesas eleitorais

www.brasil247.com - O TSE aumentou o esquema de segurança para acessar o prédio do tribunal neste domingo
O TSE aumentou o esquema de segurança para acessar o prédio do tribunal neste domingo (Foto: José Cruz/Agência Brasil)


247 -  Por unanimidade, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu nesta terça-feira (20) que os partidos políticos serão obrigados atualizar em tempo real no site da corte os extratos bancários de todas as movimentações financeiras das siglas.

Agora, os comprovantes da prestação de contas das legendas, que se tornavam públicos mensalmente com a prestação de contas entregues à Justiça Eleitoral, deverão ser disponibilizados diariamente, assim como já acontece com as despesas eleitorais.

De acordo com o relator do caso, ministro Luís Felipe Salomão, os dados devem ser "disponibilizados na página do TSE na internet, em tempo real, após liberados a esta Corte pelas instituições financeiras".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A medida atende a um pedido das entidades Transparência Partidária e Transparência Brasil.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email