TSE deve concluir intervenção política para tirar Lula da eleição

O jornalista Kennedy Alencar afirma em artigo que "todo o processo jurídico que envolveu a condenação do ex-presidente Lula no caso do apartamento no Guarujá deixou o fator jurídico em segundo plano" afirmando que "prevaleu o fator político a fim de que o Judiciário fizesse uma interferência política para tirar Lula da eleição presidencial"

TSE deve concluir intervenção política para tirar Lula da eleição
TSE deve concluir intervenção política para tirar Lula da eleição

Por Kennedy Alencar, em seu blog  - Todo o processo jurídico que envolveu a condenação do ex-presidente Lula no caso do apartamento no Guarujá deixou o fator jurídico em segundo plano. Prevaleu o fator político a fim de que o Judiciário fizesse uma interferência política para tirar Lula da eleição presidencial.

Mais uma vez, a Justiça é célere para prejudicar Lula. Quando se trata de eventualmente favorecê-lo, age de forma lenta em relação ao ritmo de trabalho nos tribunais e também obedece a manobras no que se refere à pauta, como aconteceu no STF sob Cármen Lúcia.

Será importante ver os argumentos que os ministros do TSE apresentarão em resposta à decisão liminar do Comitê de Direitos Humanos da ONU que diz que o Brasil deveria permitir a candidatura de Lula até que tenham sido esgotados todos os recursos judiciais envolvendo a condenação do ex-presidente, que está preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba.

Mas, se a Justiça decidir tirar Lula do páreo ou impedir a participação dele na propaganda eleitoral, haverá benefício para a estratégia do PT. Razão: o partido terá de apressar o Plano B, o ex-prefeito Fernando Haddad. O ex-prefeito está pronto para assumir a cabeça de chapa assim que a Justiça concluir sua interferência no processo político-eleitoral afastando Lula da corrida presidencial.

Leia a íntegra do artigo

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247