Um dia após receber “bênção”, Temer diz estar com a “alma incendiada”

Durante visita nesta sexta-feira, 11, à primeira usina de etanol produzido a partir do milho brasileiro, localizada em Lucas do Rio Verde (MT), Michel Temer afirmou que está "muito animado, com a alma incendiada" com as políticas que estão sendo implementadas por seu governo; declaração foi dada uma depois de Temer receber uma benção do pastor Marcos Pereira da Silva, líder da Igreja Assembleia de Deus dos Últimos Dias; Silva foi preso em 2013 pelo crime de estupro, e condenado a 15 anos de reclusão pelo crime de atentado violento ao pudor

Durante visita nesta sexta-feira, 11, à primeira usina de etanol produzido a partir do milho brasileiro, localizada em Lucas do Rio Verde (MT), Michel Temer afirmou que está "muito animado, com a alma incendiada" com as políticas que estão sendo implementadas por seu governo; declaração foi dada uma depois de Temer receber uma benção do pastor Marcos Pereira da Silva, líder da Igreja Assembleia de Deus dos Últimos Dias; Silva foi preso em 2013 pelo crime de estupro, e condenado a 15 anos de reclusão pelo crime de atentado violento ao pudor
Durante visita nesta sexta-feira, 11, à primeira usina de etanol produzido a partir do milho brasileiro, localizada em Lucas do Rio Verde (MT), Michel Temer afirmou que está "muito animado, com a alma incendiada" com as políticas que estão sendo implementadas por seu governo; declaração foi dada uma depois de Temer receber uma benção do pastor Marcos Pereira da Silva, líder da Igreja Assembleia de Deus dos Últimos Dias; Silva foi preso em 2013 pelo crime de estupro, e condenado a 15 anos de reclusão pelo crime de atentado violento ao pudor (Foto: Aquiles Lins)

247 - Durante visita nesta sexta-feira, 11, à primeira usina de etanol produzido a partir do milho brasileiro, localizada em Lucas do Rio Verde (MT), Michel Temer afirmou que está "muito animado, com a alma incendiada" com as políticas que estão sendo implementadas por seu governo.

"O diálogo com o Congresso permitiu que fizéssemos o que fizéssemos, na convicção que o Legislativo não é um apêndice do Executivo, mas que governa junto come ele. Quero fazer uma especialíssima homenagem ao Congresso brasileiro", disse o peemedebista, que é rejeitado por mais de 90% da população brasileira. 

Declaração foi dada uma depois de Temer receber uma benção do pastor Marcos Pereira da Silva, líder da Igreja Assembleia de Deus dos Últimos Dias. Silva foi preso em 2013 pelo crime de estupro, e condenado a 15 anos de reclusão pelo crime de atentado violento ao pudor. O pastor pediu para Deus “visitar o coração, a coluna, o rim, o intestino, o fígado”, entre outros órgãos do peemedebista (leia mais). 

Além de do governador de Mato Grosso, Pedro Taques (PSDB), acompanhou-o na visita o ministro da Agricultura Blairo Maggi, além de representantes dos estados da Amazônia Legal, como Rondônia, Mato Grosso, Maranhão, Amazonas, Tocantis e Amapá.

"Estou sendo ousado ao fazer as reformas, há anos paralisadas e fomos dando a solução", afirmou Temer.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247