Universidades federais suspendem aulas em 13 estados em função da greve

A greve dos caminhoneiros, que entrou em seu oitavo dia nesta segunda-feira (28), levou à paralisação de parte das universidades federais ; universidades federais da Bahia, Maranhão, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, Sergipe, São Paulo (UFScar) e Tocantins suspenderam as aulas em função da crise; USP e a Unicamp suspenderam as aulas eletivas

Fachada da Universidade de São Paulo.
Fachada da Universidade de São Paulo. (Foto: Paulo Emílio)

247 - A greve dos caminhoneiros, que entrou em seu oitavo dia nesta segunda-feira (28), levou à paralisação de parte das universidades federais e de escolas estaduais. As universidades federais da Bahia, Maranhão, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, Sergipe, São Paulo (UFScar) e Tocantins suspenderam as aulas em função da crise. A USP e a Unicamp suspenderam as aulas eletivas.

As aulas nas escolas estaduais foram suspensas em Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Sergipe, além do Distrito federal. A USP e a Unicamp também tiveram as atividades letivas suspensas.

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247