Vaia histórica: Bolsonaro e Moro foram reprovados no teste de popularidade no Maracanã

Na sexta-feira, Jair Bolsonaro cutucou a onça com vara curta:. Em tom provocativo, disse que iria com Moro ao Maracanã e que “O povo vai dizer se estamos certos”; tomou uma vaia histórica

(Rio de Janeiro - RJ, 07/07/2019) Presidente da República, Jair Bolsonaro, durante a final da Copa América 2019, entre as seleções do Brasil e Peru.
Foto: Clauber Cleber Caetano/PR
(Rio de Janeiro - RJ, 07/07/2019) Presidente da República, Jair Bolsonaro, durante a final da Copa América 2019, entre as seleções do Brasil e Peru. Foto: Clauber Cleber Caetano/PR (Foto: Clauber Cleber Caetano/PR)

247 - Na sexta-feira, (5) Jair Bolsonaro cutucou a onça com vara curta:. Em tom provocativo, disse que iria com Moro ao Maracanã e que “O povo vai dizer se estamos certos”. Neste domingo (7), no Maracanã, tomou uma vaia histórica.

Questionado na sexta-feira sobre as relevações das entreanha da Lava Jato pelo site Intercept, Bolsonaro tentou buscar abrigo no que imagina ser um grande apoio popular a ele. “Pretendo domingo não só ir assistir à final do Brasil com Peru, bem como, se for possível, se a segurança me permitir, irei com o Sérgio Moro junto ao gramado. E o povo vai dizer se nós estamos certos ou não”, afirmou após evento no Batalhão da Guarda Presidencial, em Brasília.

Veja o que Bolsonaro colheu no Maracanã:



Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247