CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Brasil

Vannuchi: 'PT não pôs dedo na ferida' em Congresso

"Lamento o PT não ter aproveitado o precioso momento para colocar o dedo na ferida", disse o analista político sobre o congresso do PT, na última semana; para Paulo Vannuchi, o partido precisa recobrar o vigor de outros tempos para romper com o cerco promovido pela mídia e por partidos de oposição, bem como um "canal mais sólido de diálogo com os movimentos sindicais, populares, organizações de bairros, com a luta dos trabalhadores rurais"

Imagem Thumbnail
"Lamento o PT não ter aproveitado o precioso momento para colocar o dedo na ferida", disse o analista político sobre o congresso do PT, na última semana; para Paulo Vannuchi, o partido precisa recobrar o vigor de outros tempos para romper com o cerco promovido pela mídia e por partidos de oposição, bem como um "canal mais sólido de diálogo com os movimentos sindicais, populares, organizações de bairros, com a luta dos trabalhadores rurais" (Foto: Aquiles Lins)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Da Rede Brasil Atual - O analista político Paulo Vannuchi afirmou nesta segunda-feira, 15, que, durante o quinto congresso do PT, ocorrido em Salvador, entre quinta-feira e sábado (11 a 13), o partido reafirmou seu compromisso histórico com o dever de ser governo. "Mas faltou uma sacudida interna, não foi feito um profundo reexame da sua organização interna", acrescentou.

"Lamento o PT não ter aproveitado o precioso momento para colocar o dedo na ferida", diz Vannuchi, que prega a necessidade de reafirmação da solidariedade interna e da unidade do partido, bem como um "canal mais sólido de diálogo com os movimentos sindicais, populares, organizações de bairros, com a luta dos trabalhadores rurais".

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O analista diz que o partido precisa recobrar o vigor de outros tempos para romper com o cerco promovido pela mídia e por partidos de oposição, que vem se estreitando.

"Quando ele é atacado, furiosamente, pelas forças reacionárias de direita, que perdem a vergonha de fazer propaganda de volta da ditadura militar, a apologia da tortura, nós temos a comprovação de que o ataque ao PT não é pelos seus defeitos, que existem, sim, e não são poucos, mas é pelas suas grandes qualidade", ressalta.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O "profundo reexame" na organização do partido defendido pelo analista não é, contudo, um retorno às práticas de seus primeiros anos, já que agora acumula experiências das vitórias e derrotas". Para Vannuchi, por sua história, o PT deveria ser considerado um patrimônio da democracia brasileira. "É a primeira vez que a classe trabalhadora se organiza, faz um projeto de poder, de Brasil, vence, governa, muda o país."

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO