Vélez desmonta secretaria de diversidade e cria nova subpasta de alfabetização

O governo Jair Bolsonaro vai extinguir a Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (Secadi), do MEC, comandado por Ricardo Vélez Rodriguez; no lugar será criada subpasta Modalidades Especializadas; a iniciativa seria uma manobra para eliminar as temáticas de direitos humanos, de educação étnico-raciais e a própria palavra diversidade; pelo Twitter, Bolsonaro apoiou a medida e disse que ela é o oposto de governos anteriores, que "investiam na formação de mentes escravas das ideias de dominação socialista"

Vélez desmonta secretaria de diversidade e cria nova subpasta de alfabetização
Vélez desmonta secretaria de diversidade e cria nova subpasta de alfabetização


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O governo Jair Bolsonaro vai extinguir a Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (Secadi), do Ministério da Educação (MEC), comandado por Ricardo Vélez Rodriguez. No lugar da Secadi será criada subpasta Modalidades Especializadas. 

A gestão também vai criar uma nova secretaria só para alfabetização, que ficará a cargo do proprietário de uma pequena escola de Londrina indicado pelo escritor Olavo de Carvalho, guru de Bolsonaro.

De acordo com apurações do jornal Folha de S.Paulo, a iniciativa foi uma manobra para eliminar as temáticas de direitos humanos, de educação étnico-raciais e a própria palavra diversidade. A nova pasta deve continuar a articular as ações de educação especial, de jovens e adultos, educação no campo, indígena e quilombola.

continua após o anúncio

Pelo Twitter, Bolsonaro apoiou a medida, reproduzindo título da reportagem da Folha:

 

continua após o anúncio

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247