Vem aí a tempestade sobre o Rural

Rosa Weber, que estreou ontem no mensalão, deve dar voto duríssimo contra todos os réus do núcleo financeiro, comandado pelo banco mineiro

Vem aí a tempestade sobre o Rural
Vem aí a tempestade sobre o Rural (Foto: STF/Divulgação_Divulgação)

247 – Embora tenha alguns dos criminalistas mais caros do País, como Marcio Thomaz Bastos e José Carlos Dias, os dirigentes do Banco Rural, centro do núcleo financeiro denunciado na Ação Penal 470, podem se preparar para um voto duríssimo da ministra Rosa Weber, que estreou ontem no julgamento.

Assessorada pelo juiz paranaense Sérgio Moro, especializado em lavagem de dinheiro, ela deve votar pela condenação de todos os réus, segundo informa Vera Magalhães, no Painel da Folha. Leia:

Lavanderia Rural

A ministra Rosa Weber dará seu voto sobre a acusação de lavagem de dinheiro uma única vez para todos os réus quando forem analisados os empréstimos do Banco Rural ao PT e às empresas do publicitário Marcos Valério e seus sócios. Rosa, indicada por Dilma Rousseff ao STF, descreverá um "esquema maior" de lavagem, no qual João Paulo Cunha e Henrique Pizzolato estariam inseridos. Deve pedir a condenação de todos pelo crime, segundo expectativa geral do Supremo.

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247