Voto impresso proposto por Bolsonaro pode ser derrubado hoje na Câmara dos Deputados

Deputados colocam em prática uma articulação para matar no nascedouro a proposta do voto impresso de Jair Bolsonaro

www.brasil247.com -


247 - Na tarde desta quinta-feira (15), 20 integrantes da comissão especial do voto impresso se insubordinaram contra o comando bolsonarista e aprovaram uma inusitada auto-convocação do colegiado. 

A comissão tem 34 membros.O plano é submeter à comissão nesta sexta-feira (16) o projeto do deputado Filipe Barros (PSL-PR), que implementa o voto impresso, e derrotá-lo ainda antes do início do recesso, neste sábado, informa a jornalista Malu Gaspar no Globo.

Na sequência deverá ser nomeado um novo relator contrário ao voto impresso em 2022, para produzir um novo documento e enterrar de vez o assunto. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A auto-convocação contou com a participação de membros de 12 partidos: MDB, PT, PSDB, PDT, Solidariedade, PCdoB, PV, Republicanos, PSOL, DEM, PSD e até o Patriota.  

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na semana passada, Jair Bolsonaro chegou a dizer que “sem voto impresso não terá eleição em 2022”. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Tais declarações, aliadas à informação de que oficiais de alta patente compartilham da posição de Bolsonaro, levaram os líderes na Câmara dos Deputados a concluir que, se esperassem para decidir a questão depois do recesso, poderiam ser atropelados por alguma ofensiva de ameaças e manifestações bolsonaristas. 

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email