Weintraub, o mais canalha dos ministros, insulta Drauzio Varella e diz desejar que ele termine no inferno

Abraham Weintraub, ministro da educação que ataca professores, estudantes e a própria língua portuguesa, decidiu insultar o médico Drauzio Varella, que divulgou uma nota sobre o abraço na detenta Suzy, mulher trans. “Antes que eu esqueça: desejo que vocês terminem no inferno!”, disse o titular da pasta

Abraham Weintraub e Drauzio Varella
Abraham Weintraub e Drauzio Varella (Foto: Agência Senado | Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O ministro da Educação, Abraham Weintraub, atacou o médico Drauzio Varella, que divulgou uma nota neste domingo (8) sobre o abraço na detenta Suzy durante a reportagem no Fantástico da semana passada. Foi divulgado na internet um boato de que a mulher trans foi condenada por estuprar e matar uma criança de nove anos, algo que não foi comprovado. O presídio onde ela se encontra recebeu mais de 200 cartas de solidariedade. 

“Não é juiz? Não é gente?! Você e marinho NÃO conseguem pedir desculpas! NÃO têm empatia ou compaixão com as crianças e famílias vítimas desse pedófilo! Continuem defendendo esse estuprador assassino, vocês se merecem. Antes que eu esqueça: desejo que vocês terminem no inferno!”, escreveu o ministro no Twitter.

"Literalmente, abraçam o demônio! Suas novelas são LIXO, seus programas infantis são LIXO, seus jornais são LIXO e estão à serviço do Mal. Não vejam, não assistam, não comprem, NÃO FALEM COM NINGUÉM (entrevistas) que trabalhe para essa família marinho", complementou.

PUBLICIDADE

O Fantástico divulgou uma nota oficial de Drauzio Varella sobre os boatos em torno de Suzy. Na nota, ele afirma que não perguntou às detentas sobre os delitos cometidos pois não era o foco da reportagem. "Sou médico, não juiz", acrescentou. 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email