Weintraub compartilha tweet chamando Bolsonaro de traidor e depois apaga

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, compartilhou mensagem do youtuber conservador Nando Moura que chamava jair Bolsonaro de "traidor", pela sanção do pacote anticrime com vetos. “Bolsonaro ao sancionar a emenda do FREIXO traiu não só o ministro Sérgio Moro mas TODO o povo brasileiro”, diz a mensagem, que depois foi apagada

Abraham Weintraub
Abraham Weintraub (Foto: Reprodução/Twitter)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ministro da Educação, Abraham Weintraub, compartilhou nesta quarta-feira (25) um tweet do youtuber conservador Nando Moura que chamava jair Bolsonaro de "traidor", por conta da sanção do pacote anticrime com vetos a propostas defendidas pelo ministro Sérgio Moro.

“Bolsonaro ao sancionar a emenda do FREIXO traiu não só o ministro Sérgio Moro mas TODO o povo brasileiro. Não existe mais nenhuma justiça neste país”, diz a mensagem publicada por Moura e compartilhada por Weintraub.

Pouco depois do retuite, o ministro apagou a mensagem, mas vários internautas flagraram o compartilhamento. 

Weintraub voltou ao Twitter para dizer que compartilhou sem querer a postagem com ataque a Bolsonaro. Ele atribuiu o "erro" à conexão de internet no navio onde se encontra. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247