HOME > Brasil

Weintraub é condenado por dizer que universidades cultivam maconha e produzem drogas

Juiz João Batista Ribeiro, da 5ª Vara da Justiça Federal em Minas Gerais, condenou o ex-ministro da Educação Abraham Weintraub a pagar uma indenização de R$ 40 mil por danos morais coletivos

Abraham Weintraub (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O ex-ministro da Educação Abraham Weintraub foi condenado a pagar uma indenização de R$ 40 mil por danos morais coletivos por afirmar, em 2019, que as universidades brasileiras eram “madraças de doutrinação", além de “ter plantações extensivas" de maconha e produzirem “drogas sintéticas", como a metanfetamina. A informação é do jornal O Globo

A sentença contra Weintraub foi proferida pelo juiz João Batista Ribeiro, da 5ª Vara da Justiça Federal em Minas Gerais, em uma ação movida pelo Sindicato dos Professores de Universidades Federais de Belo Horizonte, Montes Claros e Ouro Branco (Apubh). 

Na ação, a Apubh também pediu que Weintraub se retratasse publicamente em “mídia de alta circulação acerca das inverdades retratadas nas falas públicas do Ministro de Estado da Educação”, o que foi negado pela magistrado. 

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: