Youtuber Victor Moreno, filho de Aquias Santarém, é picado por cobra e está internado

Autor do canal Victor Horta na Varanda, com mais de 2,5 milhões de inscritos, sofreu a picada de surucucu quando preparava terreno para ensinar técnicas agrícolas

www.brasil247.com - Victor Moreno, do canal Victor Horta na Varanda
Victor Moreno, do canal Victor Horta na Varanda (Foto: Victor Horta na Varanda)


247 - O youtuber Victor Moreno, do canal Victor Horta na Varanda, está internado no Hospital Tropical em Manaus depois de ser picado por uma cobra peçonhenta surucucu pico de jaca. No momento, está sendo medicado, mas está com muitas dores. 

Victor associa o ato de plantar à sua religiosidade e, com isso, já conquistou mais de 2,5 milhões de seguidores. Ele ensina a plantar, germinar, cuidar e cultivar plantas. "Gosto de muitas novidades e de sempre inovar, passando ótimos resultados. Sou um jovem muito apaixonado pela criação de Deus com as plantas e principalmente a natureza. Aqui você aprende técnicas, adubação orgânicas, estaquias e alporquias, além de muitas novidades”, diz ele, na apresentação de seu canal.

A picada aconteceu no sitio do Victor, que fica no interior do Amazonas. No intuito de trazer novidades para o canal, utilizava grande espaço para agricultura quando sofreu o acidente.

Ele sente muitas dores e deve passar uma cirurgia. 

Na última eleição, gravou videos a favor do presidente, dirigido a seus seguidores, em que demonstrava a incoerência de Bolsonaro ao se apresentar como defensor de valores evangélicos. Veja um dos vídeos abaixo.

Victor é filho do jornalista, escritor e filósofo Aquias Santarém, criador do canal Critica Brasil. Aquias está com ele no hospital.

 

 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247