Zanin: alegações contra Lula são novo Powerpoint

Cristiano Zanin, advogado do ex-presidente Lula, postou um vídeo onde analisa as alegações finais apresentadas ontem à noite pelo Ministério Público ao juiz Sergio Moro, na tentativa de condenar o ex-presidente; ele confirma que o documento é, em essência, uma reprodução, em modo texto, do powerpoint com que Deltan Dallagnol fez todo aquele estardalhaço do “não temos provas, mas temos convicções”; assista

Cristiano Zanin 
Cristiano Zanin  (Foto: Leonardo Attuch)

Por Fernando Brito, editor do Tijolaço

Cristiano Zanin, um dos advogados de Lula, postou agora há pouco um vídeo onde analisa as alegações finais apresentadas ontem à noite pela Força Tarefa ao juiz Sérgio Moro, na tentativa de condenar o ex-presidente. Ele confirma, com sua avaliação, que não há fatos novos e o documento é, em essência, uma reprodução, em modo texto, do powerpoint com que Deltan Dallagnol fez todo aquele estardalhaço do “não temos provas, mas temos convicções”.

Faz, essencialmente, análise semelhante à que se fez, cedo, aqui no blog, acrescentando uma observação que é importante: apesar das manchetes de sites e jornais, não há referência a prisão, muito menos em regime fechado, do acusado. Essa corre por conta do Mimp, o “Ministério da Imprensa”.

Assista acima.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247