Brasil perde para a Croácia nos pênaltis e está fora da Copa do Mundo

A Croácia enfrentará na semifinal Argentina ou Holanda, que se enfrentam ainda nesta sexta-feira

www.brasil247.com - Croácia celebra vitória contra o Brasil pelas quartas na Copa do Catar
Croácia celebra vitória contra o Brasil pelas quartas na Copa do Catar (Foto: Reuters)


AL RAYYAN, Catar (Reuters) - A seleção brasileira perdeu por 4 x 2 nos pênaltis para a Croácia, nesta sexta-feira, depois de empatar por 1 x 1 em 120 minutos, e foi eliminada da Copa do Mundo mais uma vez nas quartas de final.

O jogo disputado no estádio Cidade da Educação foi tenso e terminou empatado por 0 x 0 ao final dos 90 minutos. Neymar colocou o Brasil em vantagem no final do primeiro tempo da prorrogação, mas a Croácia empatou no final do segundo tempo com Bruno Petkovic.

O primeiro tempo do jogo foi equilibrado, com a Croácia, finalista da Copa do Mundo da Rússia há quatro anos, conseguindo marcar a saída de bola e as principais jogadas do Brasil.

Durante a segunda etapa, o técnico Tite resolver mexer na equipe, colocando Antony no lugar de Raphinha e pouco depois Rodrygo na vaga de Vinicius Jr.

A equipe brasileira começou a pressionar mais, porém o goleiro croata Dominik Livakovic fez quatro boas defesas em duas tentativas de Neymar e duas de Lucas Paquetá. Nos últimos minutos, Pedro substituiu Richarlison.

A Croácia enfrentará na semifinal Argentina ou Holanda, que se enfrentam ainda nesta sexta-feira.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247