Anvisa diz que vacina da Johnson pode ter uso emergencial liberado

Empresa já entrou com a documentação pedida pela agência reguladora e cumpriu exigência de realizar testes clínicos da fase 3 no Brasil

(Foto: REUTERS/Khushnum Bhandari)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Anvisa afirmou nesta sexta-feira (29) que a vacina contra a Covid-19 produzida pelo laboratório Janssen, divisão farmacêutica da empresa americana Johnson & Johnson, pode ter uso emergencial liberado, informa reportagem da revista Exame.

A companhia já entrou com a documentação pedida pela agência reguladora e cumpriu exigência de realizar testes clínicos da fase 3 no Brasil.

A vacina foi testada em 60 mil pessoas em três continentes e teve eficácia de 66% em casos moderados e graves e de 85% em casos graves, informou a empresa nesta sexta-feira. Ninguém morreu de Covid.

A vacina da Johnson tem sido apontada como um ótimo negócio para o Brasil, pelo preço, por ser de dose única, de fácil transporte e armazenamento.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email