Ao contrário do Brasil, Rússia quer vacinar população em massa contra a Covid-19

"Existem remédios, surgiu a vacina, e o caminho geral dessa luta é continuar testando, observar os cuidados e, claro, a vacinação. Precisamos implantar essa vacinação em todo o país", disse o presidente da Rússia, Vladimir Putin

Vladimir Putin
Vladimir Putin (Foto: Kremlin | REUTERS)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputnik - O presidente da Rússia, Vladimir Putin, declarou nesta quarta-feira (21) que é necessário implantar a vacinação contra o coronavírus em todo o país.

"Existem remédios, surgiu a vacina, e o caminho geral dessa luta é continuar testando, observar os cuidados e, claro, a vacinação. Precisamos implantar essa vacinação em todo o país", disse Putin no congresso da União de Industriais e Empresários da Rússia.

De acordo com o presidente russo, a vacinação dos russos contra o coronavírus é a principal prioridade e "mais importante do que a exportação de vacinas".

"A principal tarefa hoje é criar capacidades de produção para aumentar a produtividade. E essas capacidades de produção deveriam ser destinadas a vacinar os cidadãos da Rússia em primeiro lugar", afirmou.

Ele também fez um apelo para que os empresários se envolvam mais ativamente na produção da vacina russa contra o coronavírus, a fim de garantir a quantidade necessária dos medicamentos imunizantes.

Vladimir Putin também lembrou que a em breve será registrada a terceira vacina russa contra a COVID-19.

"Todos elas funcionam, funcionam efetivamente, as pessoas precisam delas. Bem, é um bom negócio também", disse Putin, acrescentando que o mercado global de vacinas contra o coronavírus é estimado em 100 bilhões de dólares (cerca de R$ 560 bilhões).

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247