Bill Gates diz que vida só voltará ao normal depois que segunda geração de vacinas para Covid-19 for lançada

O magnata da tecnologia disse que o vírus deve ser erradicado em todo o mundo - um nível mais alto do que foi estabelecido para qualquer doença na história

(Foto: REUTERS/Denis Balibouse)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Russia Today - O magnata da tecnologia Bill Gates disse que a vida pode voltar ao normal apenas quando uma segunda geração de vacinas Covid-19 estiver amplamente disponível e o vírus for erradicado em todo o mundo - um nível mais alto do que foi estabelecido para qualquer doença na história.

"A única maneira de voltarmos completamente ao normal é tendo, talvez não a primeira geração de vacinas, mas eventualmente uma vacina que é supereficaz, e que muitas pessoas tomam, e fazemos com que a doença seja eliminada em uma base global ", disse Gates neste domingo (11) em uma entrevista no programa Meet the Press da NBC. “É aí que podemos finalmente começar a pegar todos os problemas que foram criados - na educação, saúde mental - e começar a reconstruir de forma positiva”.

De acordo com esse padrão, os americanos podem precisar viver por anos, ou toda a vida, sob as diretrizes de distanciamento social e outras restrições da Covid-19. É certamente mais sombrio do que a avaliação que Gates deu em uma entrevista à Fox no mês passado, quando disse que o progresso nas vacinas pode tornar possível um retorno à normalidade nos EUA até o verão de 2021. Ele disse que espera várias vacinas da primeira geração para obter aprovação de emergência no início do próximo ano.

Continue lendo no Russia Today.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247