Bolsonaro e Pazuello sofrem derrota e sai do ar aplicativo oficial do "kit Covid"

Ontem, o deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ) acionou a Justiça Federal pedindo a retirada do ar do aplicativo TrateCov, do Ministério da Saúde, que receitava "tratamentos precoces" contra a Covid-19 sem alguma comprovação científica

(Foto: ABr | Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Jair Bolsonaro e seu ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, sofreram mais uma derrota em seu gerenciamento da pandemia da Covid-19. Desta vez, o aplicativo TrateCov foi retirado do ar, após pedido à Justiça Federal protocolado pelo deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ). 

O aplicativo receitava "tratamentos precoces" contra a Covid-19, como o medicamento hidroxicloroquina, mesmo sem haver algum embasamento científico. 

O site da TrateCov, no entanto, continua no ar. 

"Pazuello tem que responder por crime contra a saúde pública", disse Freixo em postagem ontem (20), onde anunciou a ação. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email