"Bolsonaro vem subestimando a seriedade do coronavírus", diz ACM Neto

Segundo o prefeito de Salvador e presidente do DEM, ACM Neto, "estados e municípios até agora não tiveram nenhuma ajuda concreta" do governo federal

www.brasil247.com -
(Foto: Secom)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O presidente nacional do DEM e prefeito de Salvador, ACM Neto, voltou a criticar a política de Jair Bolsonaro frente ao combate ao coronavírus. Com o partido ocupando a pasta de maior importância na atual conjuntura, a da Saúde, com o ministro Luiz Henrique Mandetta, além de outras duas patas: Tereza Cristina (Agricultura) e Onyx Lorenzoni (Cidadania e ex-chefe da Casa Civil), ACM Neto disse em entrevista ao blog de Teles Faria, do UOL, que o pronunciamento de Bolsonaro foi ofensivo "às famílias que já tiveram vítimas do coronavírus, vítimas fatais".

"Na minha opinião, desde o início desse processo o presidente Jair Bolsonaro vem subestimando a seriedade do coronavírus", disse.

Segundo ele, o país precisa de "um presidente que unisse o país, que construísse pontes, que fizesse um canal direto de comunicação com governadores e prefeitos" e reclama que "estados e municípios até agora não tiveram nenhuma ajuda concreta" do governo federal.

PUBLICIDADE

"Nós não temos hoje dois caminhos a seguir, só tem um caminho: injetar dinheiro na economia. É dar apoio ao mais pobre, à pessoa para não morrer de fome", defende.

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email